Novidades

Há 75 anos a Opel retomava a produção de automóveis de passageiros em Rüsselsheim

12/12/2022 | Automóvel
  • Fim do outono de 1947: O Olympia é o primeiro automóvel de passageiros produzido em série a sair da linha de montagem após a reconstrução da fábrica
  • Uma base para o sucesso: Opel Olympia, Rekord e outros modelos abrem o caminho para os anos do "Wirtschaftswunder" alemão, o milagre económico do Reno
  • Bestseller atual da classe dos compactos: O novo Opel Astra também é "made in Rüsselsheim".

160 anos de Opel significam 160 anos de inovações para milhões de pessoas. Ao longo da sua vasta história, o fabricante de Rüsselsheim, rico em tradições, sempre enfrentou desafios com novas ideias e produtos que lançaram as bases para o seu sucesso contínuo. Tal como há 75 anos, no final do outono de 1947, quando o Opel Olympia saiu da linha de montagem como o primeiro automóvel de passageiros produzido em série após a reconstrução da fábrica de Rüsselsheim. Um modelo que já tinha feito história e que deveria, então, liderar a retoma da produção de automóveis. Um feito de enorme sucesso: até hoje, inúmeros modelos e automóveis lendários deixaram as naves da fábrica sita na sede da Opel, tal como o mais recente bestseller com o 'Blitz', nova geração do Opel Astra que é também ali produzida.

Tal como o Olympia há 75 anos, também o Astra "made in Rüsselsheim" irá escrever a páginas de história. No próximo ano, o desportivo Astra GSe e o Astra Electric alimentado a bateria sairão desta linha de produção, em conjunto com as versões híbridas plug-in, o que tornará o Astra no primeiro modelo Opel disponível em todas as variantes de propulsão, de motores de combustão altamente eficientes até aos motores elétricos.

Opel Olympia de 1947: O início de uma nova era da produção automóvel em Rüsselsheim

Já no passado a Opel já tinha começado do zero, após a catástrofe de 1911, quando um incêndio reduziu a escombros grandes partes da fábrica de Rüsselsheim. Nessa altura, a família Opel e os seus funcionários demonstraram coragem para experimentar algo de novo e, depois de antes terem fabricado máquinas de costura, voltaram-se para a produção de bicicletas e de automóveis. A situação foi semelhante após o fim da Segunda Guerra Mundial. Em 1945, pouco restava das instalações da empresa perto do rio Main, no entanto, a sua reconstrução foi rapidamente iniciada, de modo que a produção de peças pudesse ser retomada nas circunstâncias existentes à data. Chegado o verão de 1946, o primeiro camião Blitz de uma tonelada e meia deixa a fábrica, instalações que ainda estavam em construção. A produção de veículos ganharia velocidade no final de 1947, com o Opel Olympia, reiniciando-se, finalmente, a produção em série de automóveis de passageiros.

A empresa com sede em Rüsselsheim elegeu, assim, um modelo que já havia feito história aquando da sua estreia doze anos antes: em 1935, o Olympia foi o primeiro automóvel alemão produzido em série a ter uma carroçaria autoportante totalmente em aço, o que, graças ao seu baixo peso, permitiu melhorar o desempenho de condução e baixar o consumo de combustível. Ao mesmo tempo, a conceção da moderna e mais segura carroçaria abriu caminho à produção em grande escala. Estes foram os melhores pré-requisitos para um regresso bem-sucedido à produção de automóveis de passageiros, em 1947.

Em particular, o Olympia de 1947 difere do seu antecessor por adotar um eixo dianteiro melhorado, dotado de triângulos duplos, e uma distância entre eixos ligeiramente menor. O eixo e a direção do automóvel de duas portas eram, então, provenientes do Opel Kapitän. Este conceito permitiu acelerar a produção de automóveis de passageiros em Rüsselsheim. Menos de um ano depois, o Opel Kapitän maior, de quatro portas, inicia a produção em série, para mais tarde, a 8 de junho de 1949, os funcionários da Opel anunciarem a produção do Olympia número 100.000, uma unidade com um motor de 1,5 litros. Em paralelo, a fábrica principal em Rüsselsheim dá continuidade à produção de um produto "refrescante" que hoje apenas algumas pessoas associam à marca: o frigorífico "Frigidaire", muito procurado na época e que se tornou um bestseller nos anos 50.

Mas a pedra basilar para a florescente produção em Rüsselsheim - e para a mobilidade de milhões nos anos seguintes ao chamado "Wirtschaftswunderjahre" ("anos do milagre económico") alemão - é lançada já no final dos anos 40, através de modelos como o Olympia e Kapitän, entre outros, modelos que permitem a mobilidade a uma grande parte da população, bem como as mais acessíveis inovações. Este é um lema que a Opel tem mantido ao longo das décadas e que continua a inspirar as pessoas, através de modelos tão práticos quanto emocionais e, ao mesmo tempo, acessíveis. Assim, não é de admirar que a mais recente geração do bestseller da classe dos compactos, o Opel Astra, seja também ele fabricado na sede da empresa.

Novo Opel Astra: O próximo bestseller "made in Rüsselsheim"

A Opel está a dirigir-se para o futuro com o novo Astra: O recém-coroado "Goldenes Lenkrad 2022" (“Volante de Ouro 2022”) apresenta-se mais dinâmico do que nunca, com um design puro e arrojado que inclui o novo rosto da marca, o Opel Vizor, permanecendo, ao mesmo tempo, um verdadeiro herói para o quotidiano na sua versão de cinco portas, bem como através do Astra Sports Tourer. Tecnologias de ponta tais como o intuitivo e totalmente digital Pure Panel ou a iluminação Intelli-Lux LED® Pixel Light adaptativa e sem encadeamento tornam a condução mais agradável e segura, ou mesmo os bancos ativos ergonómicos com certificação AGR (Aktion Gesunder Rücken e.V.) para condutor e passageiro dianteiro.

Por último, mas não menos importante, os clientes do Astra têm uma ampla escolha de tipos de propulsão: o Astra de cinco portas e o Sports Tourer não só estão disponíveis com motores de combustão interna altamente eficientes, como também, e pela primeira vez, em versões híbridas plug-in e, portanto, sem emissões locais. Seguir-se-á, no próximo ano, o Astra Electric, elétrico a bateria. Um verdadeiro modelo de sucesso, desenhado, concebido e fabricado em Rüsselsheim.

Ver todas as novidades »

Campanhas Automóveis

1446_inverno_800x600.webp

Campanha Especial Inverno | BMW | MINI

25/01/2023
1439_Noticias-Grupo-ll.webp

É Agora! A Feira AutoUsados regressa a Corroios

19/01/2023
1438_500_800x600.webp

Novo Fiat 500 100% elétrico Desde 295€/mês*

17/01/2023
1447_ford-puma-jan.webp

PUMA Titanium por 24.230€*

12/01/2023
1448_fiorino-1.webp

Fiorino desde 290€/mês*+IVA

11/01/2023
1433_dacia-gama-sandero-gai-home.webp

Gama Dacia Sandero por 169€/mês*

09/01/2023
1419_noticia-cam.pt_800x600.webp

Que nada o pare neste inverno.

19/12/2022
1425_L200_desde-29.811€_800x600.webp

Mitsubishi L200 desde 29.811€

05/12/2022
1389_800x600.webp

Inverno Seguro | Descontos e Ofertas em Serviços de Oficina

22/11/2022
1375_800x600.webp

Prepare o seu Opel para o inverno.

11/11/2022
1185_noticias_800x600.webp

Nova Fuso Canter desde 29.300€*

02/11/2022
1264_renault-oleo-home.webp

Faça a mudança de óleo e filtro do seu Dacia por 104,37€*

01/08/2022

Siga-nos

Já segue o Grupo Auto-Industrial?
Conheça, em primeira mão, todas as novidades.

Newsletter

Inscreva-se e receba regularmente informação
personalizada no seu email.

Arbitragem de conflitos de consumo

Conforme Lei nº 144/2015, o consumidor pode recorrer ao Centro de Arbitragem do Sector Automóvel, com sítio em www.arbitragemauto.pt e sede na Av. República,44 - 3º Esqº, 1050 194 Lisboa