Novidades

Saiba como remover ferrugem do seu carro passo a passo.

20/09/2022 | Automóvel

A ferrugem é o resultado da deterioração do ferro provocado pela oxirredução, a qual é causada pela fenómeno da oxidação e da redução das espécies químicas. Por sua vez, a oxidação é provocada pelo contacto do ferro com o ar. Ou seja, quando o ferro está muito tempo em contacto com o ar começa a perder qualidades. Quando isso acontece, é necessário fazer todo um processo para regenerar o material estragado.

COMO REMOVER PONTOS DE FERRUGEM?

Para remover os pontos de ferrugem vai ter de pôr mão à obra. Prepara-se, ponha roupa confortável e preferencialmente que possa sujar à vontade. Para realizar o processo da forma mais eficaz vai ter de fazer três passos, ao longo de três dias: lixar, pintar e encerar.

1. Lixar

O primeiro passo para corrigir o ponto afetado é preparar o local que vai ser pintado, removendo ao mesmo tempo a ferrugem – o chamado dois em um. Para isso, e uma vez que se parte do princípio que a maior parte dos leitores não são especialistas na área, recomenda-se usar uma lixa angular. Em alternativa, pode utilizar uma máquina retifica. É também importante reter que, durante todo o processo, deve lixar de forma suave para não comprometer a chapa ou o metal.

O objetivo passa por alisar a superfície e remover as partes mais soltas da ferrugem. Porém, não fique frustrado se não conseguir retirar tudo. Assim que verificar com os dedos que a zona está mais ou menos lisa, deve alterar para uma lixa metálica, que tem por objetivo remover a ferrugem mais funda.

Caso, mesmo assim, não tiver removido tudo, pode tentar colocar produto específico para remover ferrugem e só depois deste atuar, usar novamente a lixa. Caso deixe um buraco, existe também produtos de preenchimento de chapa financeiramente acessíveis na maior parte das lojas de mecânica ou de auto peças.

2. Pintar

De forma a garantir a espessura e proteção da chapa, deve primeiro colocar um primer, preferencialmente de qualidade. Faça-o em três camadas suaves (mais camadas e mais finas protegem mais), entre cada espera 10 minutos e depois deixe arejar durante a noite.

No dia seguinte, antes de começar a pintar, utilize a lixa angular para alisar a superfície e só depois comece a pintar com a tinta escolhida. Três demãos será o suficiente, mas se quiser fazer quatro pelo seguro não será mal pensado. Entre cada demão espera duas horas e, mais uma vez, assim que estiver satisfeito com o resultado final, deixe respirar durante a noite.

3. Encerar

No último dia, verifique se está agradado. Se não estiver, terá de fazer tudo ou parcialmente de novo. Caso esteja satisfeito, deve lavar o carro e depois encerar para misturar a pintura nova com a antiga.

Estes procedimentos servem tanto para a vulgar chapa, como também para as rodas e até o escape do motor. A diferença nestes dois últimos é que além disto, deve cromar também.

Ver todas as novidades »

Campanhas Automóveis

1992_Noticia-800x600.webp

Novo Ford Kuga | Portas Abertas de 27 a 30 de junho | CAM Lisboa

19/06/2024
1990_800X600_campanha.webp

Eleve o seu negócio com a Nova Gama Fiat Pro.

18/06/2024
1991_renting_800x600.webp

Maxus eDeliver apenas 523€*/mês + IVA

18/06/2024
1993_Noticia-800x600-SemOfertas.webp

Novo Ford Kuga Plug-in Hybrid | Portas Abertas

17/06/2024
1979_800x600.webp

O seu Ford pronto para o verão

06/06/2024
1977_Pneus-opel_800x600.webp

Mudança de Pneus Opel

05/06/2024
1920_campanha_800x600_maio.webp

Explora novos Horizontes com o teu Mitsubishi

28/05/2024
1956_noticia_800x600.webp

Produto do mês BMW

02/05/2024
1957_800x600.webp

Produto do mês MINI

02/05/2024
1937_campanha_800x600.webp

Mitsubishi Space Star desde 139€*/mês

15/04/2024
1931_800x600.webp

Recarregamento de Gás para o Ar Condicionado do teu Opel

11/04/2024
1932_800x600.webp

Muda o óleo do teu Opel na Auto-Industrial

11/04/2024

Siga-nos

Já segue o Grupo Auto-Industrial?
Conheça, em primeira mão, todas as novidades.

Newsletter

Inscreva-se e receba regularmente informação
personalizada no seu email.

Arbitragem de conflitos de consumo

Conforme Lei nº 144/2015, o consumidor pode recorrer ao CNIACC – Centro Nacional de Informação e Arbitragem de Conflitos de Consumo, com sítio em www.cniacc.pt.
O recurso a esta entidade apenas se aplica aos casos de arbitragem necessária previstos pelo artigo 14.º da Lei n.º 24/96, de 31 de julho - Lei de Defesa do Consumidor- na redação dada pela Lei n.º 63/2019, de 16 de agosto.